Você deve estar pensando o que você tem a ver com isso…

Você deve estar pensando o que você tem a ver com isso…

Desumanização da população negra, indiferença e indignação seletiva da sociedade são aval para a violência, encarceramento e genocídio. texto por Luana Protazio Nota: Este texto é um complemento do Me ver pobre, preso, ou morto, já é cultural, que apresenta dados que apontam que população negra e pobre está mais suscetível ao encarceramento, assim como ao homicídio. Leia aqui na íntegra. *** O que se iniciou no primeiro contato do europeu com povos africanos, se firmou na escravidão, permaneceu no…

Leia Mais Leia Mais

me ver pobre, preso ou morto, já é cultural.

me ver pobre, preso ou morto, já é cultural.

Dados mostram que população negra e pobre está mais suscetível ao encarceramento, assim como ao homicídio. Guerra às drogas é facilitadora deste processo. #RafaelBragaLivre texto por Luana Protazio Rafael Braga foi o único condenado preso no contexto das jornadas de junho de 2013, acusado de portar material explosivo quando levava dois frascos plásticos lacrados de produtos de limpeza, Rafael encontrava-se em regime aberto com uso de tornozeleira eletrônica havia pouco mais de um mês quando foi preso novamente, em 12 de…

Leia Mais Leia Mais

Poema: Querida garota da pele preta

Poema: Querida garota da pele preta

por Luana Protazio Querida garota da pele preta, Você é linda como é. Não “linda para uma garota de pele preta” Apenas linda, sem adicionais, mas ou para… Sem precisar ser hipersexualizada Sem precisar estar alisada Linda, assim, do jeitinho que você é. Indo ao mercado ou a balada, Merece ser respeitada, admirada, Contemplada Por si mesma. Você não precisa ter a pele mais clara Ou o cabelo menos crespo Você tem o tom de pele certo. O tom de…

Leia Mais Leia Mais

O Brasil está menos desigual?

O Brasil está menos desigual?

Pesquisa do IPEA mostra que, apesar de avanços na educação por exemplo, país mantém desigualdades históricas na sociedade Colaboração por Ana Carolina Moraes O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, IPEA, lançou a pesquisa Retratos das Desigualdade de Gênero e Raça entre 1995 e 2015 no começo de março. A pesquisa foi produzida em parceria com a ONU Mulheres, com o objetivo de trazer dados sobre a vida social dos brasileiros, com recorte de gênero e raça. Por isso, o estudo…

Leia Mais Leia Mais

O que veio com o mês das mulheres

O que veio com o mês das mulheres

Colaboração por Ana Beatriz Venâncio Escreva, preta! O 8 de março acompanhou minha primeira experiência universitária concreta. Semana da mulher na faculdade, veio com uma mochila jogando rosas, chocolates, “parabéns”, palestra, roda de conversa, questionamento, reflexão, perguntas e a falta de exemplos. O ambiente acadêmico não é muito acolhedor para nós, mas persistimos neste, e foi o que fiz. Minha roda de conversa sobre mulheres da ciência citou nomes desde a Grécia antiga, a descoberta do genoma humano, até a corrida espacial,…

Leia Mais Leia Mais

Lab InfoPreta oferece workshop de comunicação para empreendedoras negras

Lab InfoPreta oferece workshop de comunicação para empreendedoras negras

Divulgação. O Lab InfoPreta é um serviço de tecnologia feito de mulheres e para mulheres. Fundada em 2013 pela Buh D’Angelo, a InfoPreta tem como objetivo oferecer um serviço transparente e respeitável para mulheres que necessitam de serviços de manutenção de computadores. Além disso, a InfoPreta coordena o projeto Note Solidário da Preta, da qual a partir da reforma de notebooks doados acontece o repasse dos aparelhos para quem não tem condições de comprar um novo. No mês de abril o Lab InfoPreta oferece…

Leia Mais Leia Mais

E não sou uma mulher?

E não sou uma mulher?

Fonte: Scribd Muito bem crianças, onde há muita algazarra alguma coisa está fora da ordem. Eu acho que com essa mistura de negros (negroes) do Sul e mulheres do Norte, todo mundo falando sobre direitos, o homem branco vai entrar na linha rapidinho. Aqueles homens ali dizem que as mulheres precisam de ajuda para subir em carruagens, e devem ser carregadas para atravessar valas, e que merecem o melhor lugar onde quer que estejam. Ninguém jamais me ajudou a subir…

Leia Mais Leia Mais

Tire seu racismo da folia!

Tire seu racismo da folia!

texto por Luana Protazio   Carnaval chegando, blocos de rua anunciados, todo mundo eufórico querendo aproveitar o feriado, inclusive a mulher que vos escreve. Porém, de antemão o que me preocupa é que mulheres negras são muito lembradas na folia de rua, mas não de forma positiva. Vocês sabem, na outra ponta da invisibilidade está a objetificação, nesse caso, aliada a desumanização. Nas ruas peruca “black power”, enchimento na bunda, tintura preta na pele, e batom exagerado para aparência maior,…

Leia Mais Leia Mais

Não deixe de AMAR! Projeto Psicopretas precisa da nossa colaboração

Não deixe de AMAR! Projeto Psicopretas precisa da nossa colaboração

A AMAR – Associação de Mulheres de Ação e Reação – é uma iniciativa coletiva de mulheres pretas que busca cuidar do povo preto. Elas desempenham esse exercicio através de seus dois projetos: o projeto Batuque Matriarcal, que consiste em oficinas semanais gratuitas de instrumentos de percussão (xequerê, agogô, atabaque, pandeiro…), e o projeto Psicopretas, que neste momento precisa da nossa colaboração. O Psicopretas acolhe mulheres negras, desgastadas energica, psicologica e fisicamente; violentadas e desassistidas pelo sistema, oferecendo tratamento psicológico através de terapias holísticas, pelo preço…

Leia Mais Leia Mais

Nossa beleza: Uma saga cheia de espinhos

Nossa beleza: Uma saga cheia de espinhos

  Colaboração por Ketty Valencio Escreva, preta!   Durante muito tempo e confesso que ainda hoje eu procuro por ela. Olho-me no espelho e às vezes prefiro não ver o que vejo. Bem piegas isso, né? Mas é o resultado de tantos bombardeios que sofremos diariamente de milhares de matérias jornalísticas, propagandas, novelas e outros meios de comunicação que tem determinado o nosso comportamento, estilos, centímetros e etnia para conseguir ilusoriamente a vida dos sonhos e de ser “alguém” para esta…

Leia Mais Leia Mais